• Rua Jorge Pimentel, 2-5 - Vila Engler, Bauru/SP
  • (14) 3103-0055
  • vilavicentina@terra.com.br

Eleição da Vila Vicentina

Ocorreu hoje dia 21 de agosto, as 10:00 horas assembleia ordinária para eleição do novo presidente e Conselho Fiscal da Vila Vicentina de Bauru, foram os candidatos aptos para concorrer a presidente desta Unidade Vicentina o Confrade Antônio Celso Lopes e Luiz Henrique Martin Garcia. Estando eleito para o próximo biênio  2022-2023 com 7 votos o confrade Antônio Celso Lopes, membro da Conferência de São Lucas na área do conselho central de Bauru e ao Conselho Fiscal os confrades Marcelo José dos Santos membro da conferencia São José Operário, Antônio Carlos Zaratine membro da conferencia São Benedito, Sergio Luiz Hungaro membro da conferencia São Cristovam, Darcy Benedicto Fantim membro da conferencia Divino Espirito Santo e José Carlos Ciocca membro da Conferencia de São Benedito. O Confrade Antônio Celso Lopes  ingressou na Sociedade de São Vicente de Paulo no ano de 1981, passando por vários cargos entre eles Presidente do Conselho Metropolitano de Bauru, Vice-Presidente Regional do Conselho Nacional do Brasil, presidente interventor na Colônia de Idosos Frederico Ozanam na cidade de Cabrália Paulista. Que beato Antônio Frederico Ozanam e São Vicente de Paulo abençoe o nobre confrade e seus pares.  O presidente da Vila Vicentina de Bauru, confrade Sergio Luiz Hungaro agradece os dois candidatos a presidente e o  sete candidatos a conselho fiscal.

No próximo dia 15 de junho é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, conforme declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa no ano 2006. Em referência à data, durante todo o mês são realizadas ações pelo mundo. A cor violeta foi escolhida como símbolo.

No Brasil Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), a “Campanha Nacional de Enfrentamento à Violência contra a Pessoa Idosa: Fortalecendo as redes de proteção de direitos” foi lançada no último dia 1º.  A campanha informativa integra as ações do Junho Violeta, evento de mobilização da sociedade para a proteção das pessoas com 60 anos de idade ou mais.

Entre as ações, a campanha também vai abordar o Pacto Nacional de Implementação da Política de Direitos da Pessoa Idosa. A iniciativa tem o intuito de oficializar a criação de conselhos de direitos e fundos municipais voltados ao segmento, além de capacitar conselheiros e fortalecer a rede de proteção de direitos.

 

Diretoria tem prorrogação de Mandato até final do Ano

A Vila Vicentina de Bauru, que teria o mandado encerrado em 31 de julho de 2021, obteve através do decreto 02/2021 do Conselho Central de Bauru da Sociedade de São Vicente de Paulo, prorrogação do mandato até 31 de dezembro de 2021.

Supra decisão foi tomada, principalmente ao considerar o advento da pandemia decorrente do COVID-19 (Coronavírus), que impossibilitou a homologação das eleições das Obras Unidas vinculadas à Sociedade de São Vicente de Paulo, uma vez que as reuniões tornaram-se impossíveis, tanto pela proibição de aglomerações, como pela proibição de locomoções.

Decreto Conselho Central

Doação de IR para entidades voltadas a crianças e idosos

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a solidariedade assume um papel ainda mais importante para a sociedade. Porém, quando se trata da destinação de até 6% do Imposto de Renda (IR) devido aos fundos municipais, que bancam projetos de entidades assistenciais voltadas a crianças, adolescentes e idosos, os bauruenses deixam a desejar. Embora não haja qualquer cobrança extra, poucos contribuintes aderem à iniciativa.

Segundo matéria publica no Jornal da Cidade de Bauru, Bauruense ignora doação de IR para entidades voltadas a crianças e idosos.

De acordo com o delegado da Receita Federal, em Bauru, Luiz Carlos Anézio, quase ninguém faz as doações antecipadas, que permitem ao fundo escolhido – municipal, estadual ou federal – ficar com o montante.

Existe, ainda, a possibilidade de destinar o mesmo percentual na hora de declarar o IR, mas o fundo selecionado só pode receber 3% do valor. O restante é encaminhado para outro.

Para se ter ideia, até as doações feitas na hora de declarar o IR são baixas. “A cidade tem potencial para destinar R$ 20 milhões aos dois fundos municipais existentes, mas, entre 2014 e 2019, só arrecadou uma média anual de R$ 540 mil, 2,7% do ideal”, observa.

Anézio acrescenta que toda pessoa física que utiliza a declaração completa do IR pode deduzir até 6% do imposto devido. Já as empresas tributadas com base no lucro real conseguem destinar, no máximo, 1% do seu IR.

As doações deverão ocorrer até o último dia útil deste ano, que cairá em 31 de dezembro, mas é importante se antecipar por conta do feriado bancário.

Se os contribuintes tiverem IR a restituir no ano que vem, todo o valor recolhido será integralmente devolvido e corrigido pela Selic.

Antes de mais nada, o delegado orienta os interessados a consultarem o valor que poderão doar. Para tanto, basta clicar em “Total do Imposto Devido” na declaração do ano passado e calcular 6% dele.

Coordenadora do Juizado Especial da Infância e Adolescência (Jeia) de Bauru, a juíza Ana Cláudia Pires Ferreira de Lima informa que a cidade possui dois fundos: o do Idoso (COMUPI) e o dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes. No caso deste último, quem faz a sua gestão é o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru.

Nossa Senhora da Medalha Milagrosa

Com muita alegria a Vila Vicentina de Bauru participa com muita alegria e satisfação pelas intercessões de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, São Vicente de Paulo e Beato Antônio Frederico Ozanam o resultado NEGATIVO de 100% dos funcionários, idosos residentes e colaboradores (120 pessoas), conclusão este decorrente de testes RT-PCR (swab nasal) realizados nos últimos dias.